September 22, 2016

Seguro-Salário

Seguro-Salário

Ano de eleição presidencial, com os republicanos controlando as duas casas – Senado e Câmara de Representantes –  e mais desesperados do que nunca para retornar à Casa Branca – as chances do novo plano para o Seguro-Salário, apresentado pelo Presidente BARACK OBAMA, tem chance quase “zero” de sair do papel.

O presidente dos EUA propôs neste sábado, 16 de janeiro, um programa de Seguro-Salário que ajudaria a compensar a renda perdida por um trabalhador que aceita um emprego de menor pagamento.

Sob o plano de Obama, uma pessoa que trabalhava no mesmo emprego por pelo menos três anos antes de ser despedida poderia ter metade de seus salários perdidos substituídos pelo seguro-salário – até um máximo de US$ 10 mil, em dois anos – se conseguir um novo emprego que pague menos de US$ 50 mil por ano.

Como ocorre a tudo que o presidente anuncia ou defende, o contra-ataque cerrado dos republicanos foi imediato, acusando a proposta de causar um rombo no orçamento e algusn até a qualificaram como “eleitoreira”, para beneficiar o candidato democrata nas próximas eleições.

Falta aos candidatos democratas se posicionarem sobre a proposta, típica de um momento em que a economia norte-americana floresce rapidamente, deixando para trás anos de estagnação e incertezas.

Related posts