September 22, 2016

Pouso histórico

Com 100% de precisão, o pouso vertical do foguete FALCON 9, construído pela Aeroespacial Space-X, na Califórnia, é uma das mais importantes vitórias da “nova” corrida espacial. O feito pode alterar em prazo muito mais curto do que os cientistas esperavam, não apenas os rumos das viagens espaciais como da própria aviação civil, aqui na Terra.

O Falcon 9, que carregou no final de dezembro, 11 satélites para a órbita terrestre, logo após a liberação da parte superior, manobrou para o retorno à base e, sob a euforia de funcionários do grupo de tecnologia Elon Musk (confiram no vídeo acima), pousou na vertical com incrível precisão.

Um dos projetos da empresa é aplicar essa tecnologia em associação com a Boeing na produção dos primeiros aviões comerciais com decolagem e pouso vertical. Embora sem previsão precisa de fabricação de um protótipo, a empresa aposta que esse tipo de aeronave deverá ser viável dentro de 5 anos.

A Space X é uma das líderes do novo cenário da exploração espacial, dominado por empresas privadas e joint-ventures (alguma reunindo russos e norte-americanos americanos) e tem um contrato de 1.6 bilhão de dólares com a NASA para levar suprimentos à Estação Espacial Internacional.

Related posts